VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO NESSA AVENTURA!

Consciência Ambiental, Evitando Queimadas

Por: Fernanda Regina Farina Vidotto.

Nesta semana, notícias sobre incêndios em áreas preservadas, chamaram minha atenção pelo tamanho da devastação causada.

Consciência Ambiental, Evitando Queimadas

No último dia 11/08/2013, uma área de aproximadamente 100 hectares de Mata Atlântica no Espírito Santo foi destruída por um incêndio. Só pra ter uma idéia, essa área é equivalente a 100 campos de futebol.

Já achei esta notícia bastante chocante, porem pesquisando um pouco mais sobre o assunto descobri que em Goiás, somente neste mês, já foram registrados mais de 300 incêndios em áreas de mata na Serra do Jaraguá, somando todos, a área afetada equivale a 1.700 campos de futebol. Segundo o INPE, em 2013 já foram registrados aproximadamente 16.869 focos de queimadas no Brasil.

O que ocorre é que grande parte do Brasil enfrenta no momento um período de baixa umidade do ar fazendo com que a vegetação fique extremamente seca, este tipo de clima é propício para ocorrências de queimadas, e isso ocorre todos os anos. Com a imprudência de algumas pessoas as ocorrências tendem a aumentar. Pessoas que não tem responsabilidade e não enxergam que todos os seus atos tem consequências. Neste caso as conseqüências podem ser drásticas.

Foi o que aconteceu também neste domingo dia 11/08/2013 no Pico da Ibituruna em Governador Valadares – MG, onde, um incêndio que começou na parte mais alta do pico se espalhou rapidamente destruindo parte da vegetação de uma área de preservação permanente, mais de 200 mil metros quadrados de área foram queimados. A equipe do corpo de bombeiros suspeita que um grupo estivesse fumando na rampa no topo do pico e que, supostamente, um deles teria jogado uma bituca de cigarro na vegetação seca.

Incêndios em locais como este são difíceis de controlar devido à dificuldade de acesso ao corpo de bombeiros, geralmente é necessária a utilização de helicópteros e de uma grande quantidade de água para combater as chamas.

Como evitar as queimadas?

É nossa obrigação, como amantes da natureza, devemos respeitar e zelar pelo nosso patrimônio ambiental, orientar as pessoas que estão em nossa companhia para que tomem o máximo de cuidados para não provocar faíscas, não jogar lixo e principalmente bitucas de cigarro em locais impróprios.

Alem disso é necessário estar atento às pessoas ao nosso redor, observar quando suas atitudes possam causar estragos na natureza, e tentar contornar a situação de maneira mais amigável possível. Isso pode significar recolher algum lixo que outra pessoa tenha jogado, pois nem todos tem a mesma consciência de preservar e proteger a natureza, infelizmente muitos apenas querem desfrutar sem se importar com o meio ambiente.

Quando acampar, devemos escolher bem o local onde vamos montar a barraca, tomar cuidado para não acender fogareiros e fogueiras em locais próximos da vegetação.

Todos os anos as florestas, parques e reservas ambientais, incluindo suas plantas e animais, sofrem com incêndios que são causados por pessoas que não tomaram estes cuidados.

Para saber mais sobre os cuidados que devemos ter ao praticar ecoturismo, recomendo ler o nosso artigo Uma Visão Sobre Turismo Sustentável

Lembre-se que o futuro depende das atitudes que tomamos hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *